Mundo

Síria interceta “mísseis hostis” disparados por caças israelitas perto de Damasco

O ataque é o primeiro desde que Trump anunciou na semana passada que iria retirar todo o contingente americano de dois mil soldados da Síria. Após o anúncio de Trump, Netanyahu prometeu continuar “a agir contra as tentativas do Irão de se reforçar militarmente na Síria”. Segundo fonte não identificada, o ataque atingiu um depósito de armas e feriu três soldados

mw-30 Síria interceta “mísseis hostis” disparados por caças israelitas perto de Damasco

HÉLDER GOMES

As defesas antiaéreas sírias intercetaram esta terça-feira mísseis disparados por aviões de caça israelitas perto da capital, Damasco. A informação foi avançada pelos media estatais da Síria.

Segundo a agência de notícias SANA, que cita uma autoridade militar não identificada, o ataque atingiu um depósito de armas e feriu três soldados. “As nossas defesas antiaéreas confrontaram mísseis hostis lançados por aviões de guerra israelitas acima dos territórios libaneses e derrubaram a maioria deles antes de estes atingirem os seus alvos”, revelou a fonte militar.

A agência estatal de notícias do Líbano já tinha informado que os caças israelitas estavam a voar a baixa altitude sobre zonas do sul do país.

Mais tarde, o exército israelita escreveu no Twitter que “um sistema de defesa aérea das Forças de Defesa de Israel foi ativado em resposta a um míssil antiaéreo lançado da Síria”.

vtHf0iO6_normal Síria interceta “mísseis hostis” disparados por caças israelitas perto de Damasco

Israel Defense Forces@IDF

An IDF aerial defense system activated in response to an anti-aircraft missile launched from Syria.2.39020:56 – 25 de dez de 2018Informações e privacidade no Twitter Ads1.335 pessoas estão falando sobre issoInformações e privacidade no Twitter Ads

O ataque desta terça-feira é o primeiro desde que o Presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou na semana passada que iria retirar todo o contingente americano de dois mil soldados da Síria, noticia a Al Jazeera.

Após o anúncio de Trump, o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, disse: “Continuaremos a agir contra as tentativas do Irão de se reforçar militarmente na Síria e, na medida do necessário, expandiremos as nossas ações [no terreno].”

Origem
Expresso
Mostrar Mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close