Nacional

Buscas decorrem em “condições de segurança limite”. Borba ativa plano de emergência

Câmara de Borba ativou plano municipal de emergência.

A autarquia de Borba ativou o plano municipal de emergência para prestar apoio aos operacionais envolvidos nas operações de resgate de pedreira, anunciou esta quarta-feira o presidente da câmara.

Em conferência de imprensa ai início da tarde, António Anselmo disse que os edifícios públicos estão disponíveis.

Num ponto de situação, o comandante distrital de operações de socorro de Évora, José Ribeiro, diz que devido à complexidade das operações o planeamento está a ser feito “de hora a hora”.

“São operações muito morosas e a decorrer em condições de segurança limite (…) todos gostaríamos que fossem mais céleres”.

A prioridade vai para a drenagem da pedreira e execução de “uma manobra de busca para tentar encontrar as viaturas onde ocorreu o deslizamento mais significativo”.

image Buscas decorrem em "condições de segurança limite". Borba ativa plano de emergência
Foto: Carlos Costa/Global Imagens

É uma operação “exigente”, mas essencial. “Enquanto não retiramos a água vai ser difícil”, assume.

Foram instalados 400 metros de mangueira para drenar a água de um dos poços, com uma das extremidades ligada a uma motobomba e a outra a uma conduta de águas pluviais, instalada na zona das pedreiras.

Um deslizamento de terras provocou o abatimento de cerca de 100 metros da antiga estrada nacional entre Borba e Vila Viçosa para o interior da pedreira contígua, arrastando uma retroescavadora, um carro e uma carrinha de caixa aberta para além de terra, pedras e blocos de mármore.

Há pelo menos dois mortos, além de três pessoas desaparecidas.

Origem
TSF
Mostrar Mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close