Desporto

Oficial: Bruno Fernandes é reforço do Manchester United

É oficial. Está confirmado o acordo entre Sporting e Manchester United para a transferência de Bruno Fernandes. Os leões enviaram comunicado à CMVM. Pelo internacional português o conjunto leonino vai receber 55 milhões de euros no imediato, aos quais podem acrescer mais 25 milhões de euros em variáveis, caso o médio 19 vezes internacional português cumpra determinados objetivos.

É oficial. Está confirmado o acordo entre Sporting e Manchester United para a transferência de Bruno Fernandes. Os leões enviaram comunicado à CMVM. Pelo internacional português o conjunto leonino vai receber 55 milhões de euros no imediato, aos quais podem acrescer mais 25 milhões de euros em variáveis, caso o médio 19 vezes internacional português cumpra determinados objetivos.

A “Sporting SAD receberá o montante fixo de € 55.000.000,00 (cinquenta e cinco milhões de euros), acrescido de um valor máximo variável de até € 25.000.000,00 (vinte e cinco milhões de euros), que corresponde à soma de: (i) montante variável de até € 5.000.000,00 (cinco milhões de euros), em função de objectivos relacionados com a participação do Jogador em jogos; (ii) montante variável de até € 5.000.000,00 (cinco milhões de euros), em função de objectivos relacionados com a participação da equipa de futebol do Manchester United na Liga dos Campeões; (iii) montante variável de até € 15.000.000,00 (quinze milhões de euros), em função de objectivos relacionados com prémios individuais do Jogador. Mais se informa que os encargos com os serviços de intermediação relativos à mencionada transferência ascendem a € 5.500.000,00 (cinco milhões e quinhentos mil euros) e que o valor do Mecanismo de Solidariedade devido a clubes terceiros será suportado pela Sporting SAD e pelo Manchester United, em partes iguais.”, pode ler-se no comunicado enviado à CMVM.

O Sporting também se despediu do jogador com uma mensagem na rede social Twitter, citando William Shakespeare com um excerto da obra Noite de Reis. ” ‘Alguns nascem grandes, alguns conseguem a grandeza e outros têm a grandeza dentro deles’. Obrigado Capitão. Para sempre Leão”, pode ler-se no tweet de despedida ao jogador.

O Manchester United também já confirmou a chegada do atleta no seu site oficial e redes sociais. “Temos o prazer de anunciar que chegámos a um acordo com o Sporting Clube de Portugal para a transferência de Bruno Fernandes. O acordo está sujeito à realização de testes médicos e ao acordo de termos pessoais. Um anúncio adicional será feito oportunamente”, comunicou o clube britânico.

O jogador assinou um contrato válido até junho de 2025 e irá auferir um salário na ordem dos seis milhões de euros anuais, de acordo com a imprensa inglesa, que acrescenta que o Sporting fica ainda com direito a 10 por cento de mais-valia futura caso o jogador venha a ser vendido pela turma inglesa nos próximos anos.

Chega desta forma ao fim aquela que terá sido a maior novela desta janela de transferências, com o interesse da formação de Manchester a surgir logo no início do mês de janeiro. As negociações sofreram inúmeros avanços e recuos, sobretudo devido a questões que se prendiam com os objetivos definidos nos valores variáveis da proposta apresentada pelo clube inglês, os quais o Sporting considerava demasiado irrealistas.

Em cima da mesa chegou, também, a estar a possibilidade de vários jogadores fazerem o percurso inverso e rumarem de Manchester para Lisboa, por empréstimo, entre eles Marcos Rojo, Andreas Pereira e Tahith Chong, hipótese que acabou por não se confirmar.

A intransigência do Sporting face aos valores que pretendia receber e à colocação de objetivos mais facilmente alcançáveis no valor variável da transferência foi adiando a conclusão do negócio, permitindo que Bruno Fernandes representasse ainda a turma leonina na ‘final four’ a Taça da Liga, mas a confirmação acaba por chegar ainda alguns dias antes do fecho do mercado de transferências de janeiro.

O médio coloca assim um ponto final na sua passagem pelo Sporting, depois de duas épocas e meia de ‘leão’ ao peito, tornando-se na venda mais cara de sempre do clube ‘verde e branco’.

Veja o comunicado na íntegra à CMVM

“A SPORTING CLUBE DE PORTUGAL – FUTEBOL, SAD (adiante Sporting SAD ou Sociedade) informa, nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 248º-A do Código dos Valores Mobiliários, que chegou a acordo com o Manchester United Football Club (adiante Manchester United) para a transferência, a título definitivo, dos direitos desportivos do jogador Bruno Fernandes, garantindo a Sociedade o direito a receber o montante correspondente a 10% da maisvalia de futuras transferências”, pode ler-se.

“Em contrapartida da transferência, a Sporting SAD receberá o montante fixo de € 55.000.000,00 (cinquenta e cinco milhões de euros), acrescido de um valor máximo variável de até € 25.000.000,00 (vinte e cinco milhões de euros), que corresponde à soma de: (i) montante variável de até € 5.000.000,00 (cinco milhões de euros), em função de objectivos relacionados com a participação do Jogador em jogos; (ii) montante variável de até € 5.000.000,00 (cinco milhões de euros), em função de objectivos relacionados com a participação da equipa de futebol do Manchester United na Liga dos Campeões; (iii) montante variável de até € 15.000.000,00 (quinze milhões de euros), em função de objectivos relacionados com prémios individuais do Jogador. Mais se informa que os encargos com os serviços de intermediação relativos à mencionada transferência ascendem a € 5.500.000,00 (cinco milhões e quinhentos mil euros) e que o valor do Mecanismo de Solidariedade devido a clubes terceiros será suportado pela Sporting SAD e pelo Manchester United, em partes iguais.

Lisboa, 29 de Janeiro de 2020

O Representante das Relações com o Mercado”.

Boavista, Itália e…Sporting

Produto das camadas jovens do Boavista, de onde saiu ainda muito jovem para o futebol italiano e para o Novara, antes de se mudar para a Udinese, Bruno Fernandes chegou a Alvalade proveniente da Sampdoria, onde em 2016/2017 tinha realizado cinco golos em 35 jogos.

Chegado de Itália, Bruno Fernandes assinou com o Sporting a 27 de junho de 2017, ainda com Bruno de Carvalho na liderança do clube e com Jorge Jesus ao comando da equipa técnica da equipa de Alvalade.

A Sampdoria recebeu 8,5 milhões de euros – mais dez por cento 10% de mais-valia futura que irá agora receber – e o jogador ficou blindado com uma cláusula de 100 milhões de euros.

Muitos golos de ‘verde e branco’

Na época de estreia de ‘leão ao peito’, Bruno Fernandes realizou 56 jogos, fazendo o gosto ao pé por 16 vezes, a primeira das quais diante do Vitória de Guimarães, a 9 de Agosto de 2017, numa temporada que acabaria por ficar marcada pelo ataque à academia de Alcochete. O médio chegou a avançar para a rescisão unilateral do contrato, mas foi ‘resgatado’ por Sousa Cintra para continuar em Alvalade.

Seguiu-se, então, uma temporada brilhante em 2018/19, com as conquistas da Taça da Liga e da Taça de Portugal e 32 golos marcados em 53 partidas. Números que permitiram mesmo a Bruno Fernandes tornar-se no médio com mais golos marcados numa só temporada na história do futebol europeu.

O craque superou Frank Lampard e Alex, antigo jogador do Fenerbahce, numa autêntica época de sonho para o jogador português.

Ida para Manchester ficou ‘adiada’ no verão

No último verão começou a falar-se, então, da saída do centrocampista internacional português para Inglaterra, já com o Manchester United a mostrar forte interesse no jogador, tal como os londrinos do Tottenham. As propostas vindas de ‘terras de sua majestade’, contudo, não convenceram Frederico Varandas e Bruno Fernandes continuou por mais alguns meses de leão ao peito e em grande nível, como o mostram as estatísticas do Goal Point referentes à primeira volta da I Liga 19/20.

Mas, mais 28 jogos e 15 golos depois, o jogador ruma mesmo a Manchester, para representar o Manchester United, apesar de Silas ter mostrado a vontade de manter o jogador por mais tempo. “Gostaria que ele ficasse. É um jogador diferente, vê coisas que ninguém vê. Qualquer equipa, em Portugal, que tivesse o Bruno e o perdesse, com certeza que se ia ressentir e nós também nos vamos ressentir”, admitiu o técnico dos ‘verdes e brancos’.

O último encontro foi disputado segunda-feira, frente ao Marítimo, em jogo da 18.ª jornada da I Liga. Um triunfo no qual esteve perto de se despedir com (mais) um grande golo, mas viu a trave da baliza dos madeirenses negar-lhe aquela que seria uma despedida em beleza. O último golo de Bruno Fernandes pela turma leonina foi, assim, marcado a 11 de janeiro, quando bisou no triunfo forasteiro, por 3-1, no terreno do Vitória de Setúbal.

A segunda transferência mais cara de sempre em Portugal

Em termos globais, torna-se no segundo jogador mais caro de sempre transferido de ou para um clube português. O valor pago pelos ingleses só é superado pelos mais de 120 milhões pagos pelo Atlético de Madrid ao Benfica, por João Félix, no último verão.

E – se a sua transferência acabar por chegar mesmo aos 80 milhões de euros – no terceiro jogador português mais caro da história, a seguir a Félix e a Cristiano Ronaldo.

Ao mesmo tempo, é o jogador ‘leonino’ mais caro de sempre, com a sua venda a superar a de João Mário, que em 2016 rumou ao Inter Milão, por 40 milhões de euros.

Sexto jogador português a representar o United, terceiro vindo do Sporting

Despede-se, assim, do Sporting com 137 jogos pelo clube, 63 golos marcados e três troféus conquistados: duas Taças da Liga e uma Taça de Portugal. Torna-se no sexto jogador português a representar o Manchester United, depois de Cristiano Ronaldo, Nani, Bebé, Diogo Dalot e Joel Pereira.

Cristiano Ronaldo foi o primeiro, contratado ao Sporting no início da temporada de 2003/04. Esteve cinco temporadas na turma de Manchester e ficou para sempre na história do clube: disputou 292 jogos, marcou 118 golos e conquistou uma Liga dos Campeões, um Campeonato do Mundo de Clubes, três títulos de campeão inglês e uma Taça de Inglaterra, entre outros troféus.

O segundo português a jogar no mítico emblema de Manchester também veio do Sporting, Nani foi contratado aos ‘leões’ em 2007/08, marcando 40 golos em 230 jogos e conquistando uma Liga dos Campeões, um Campeonato do Mundo de Clubes e quatro Ligas inglesas, para além de várias Taças da Liga e Super Taças.

O português que se seguiu nos ‘red devils’ não teve tanto sucesso. Contratado ao Vitória de Guimarães em 2010/11, Bebé só esteve uma época na equipa principal do United. Ainda assim, marcou dois golos em sete jogos.

Os restantes dois portugueses que já envergaram o emblema de Old Trafford ainda fazem parte dos quadros do clube e vão ser colegas de Bruno Fernandes. O guarda-redes Joel Pereira encontra-se emprestado ao Hearts, da Escócia, depois de fazer parte da sua formação no United, onde soma apenas três jogos pela equipa principal, e Diogo Dalot tem sido cada vez mais aposta de Ole Gunnar Solskjær, tendo mesmo recentemente apontado o seu primeiro golo pelo clube. Contratado ao FC Porto em 2018, totaliza até à data 29 jogos pela formação principal do conjunto de Manchester.

Cumprido o sonho de jogar em Inglaterra

Bruno Fernandes vê, assim, cumprir-se o sonho de jogar em Inglaterra. Já em maio do último ano, antes do triunfo sobre o FC Porto na final da Taça de Portugal, numa altura em que se começava a falar da possibilidade de deixar o Sporting, o médio tinha afirmado que a Liga inglesa era o campeonato da sua preferência, pelo “futebol puro” que aí se joga.

“Sempre disse que era um jogador ambicioso e desde muito cedo tenho o sonho de jogar em Inglaterra. É onde se vive o futebol puro, sem grandes polémicas, sem grandes casos”, afirmou, então, Bruno Fernandes.

Pouco mais de meio ano depois, o sonho é, agora, uma realidade e Bruno Fernandes vai poder mostrar todo o seu talento em terras de sua majestade.

Origem
Sapo24
Mostrar Mais

Artigos relacionados

Back to top button
Close