Mundo

Acidente de comboio na Dinamarca faz pelo menos 6 vítimas mortais

Pelo menos seis pessoas morreram e 16 ficaram feridas esta manhã, na Dinamarca, quando algumas peças de um comboio de mercadorias que passava na Ponte do Great Belt se soltaram e atingiram um comboio de passageiros, que circulava em sentido oposto, avança a agência Reuters.

Pelo menos seis pessoas morreram e 16 ficaram feridas esta manhã, na Dinamarca, quando algumas peças de um comboio de mercadorias que passava na Ponte do Great Belt se soltaram e atingiram um comboio de passageiros, que circulava em sentido oposto, avança a agência Reuters.

O acidente com o comboio aconteceu na ponte do Great Belt, que faz a ligação entre as ilhas de Zelândia e Fiónia, na Dinamarca.

Segundo a agência Reuters, o acidente aconteceu entre um comboio de mercadorias (que carregava embalagens da marca de cerveja dinamarquesa Carlsberg) e um comboio de passageiros, quando algumas peças do teto do comboio de carga – que se dirigia para Fiónia – se soltaram e atingiram o outro comboio, que transportava pessoas com destino a Copenhaga (capital da Dinamarca).

O acidente foi provocado por uma tempestade, informou a empresa dinamarquesa State Railways.

Ao início da manhã, a operadora responsável pela rede ferroviária DSB informou que a circulação na ponte estava encerrada.

O acidente ocorreu por volta das 08:00 locais (07:00 em Lisboa).

agência Reuters avança que o tráfego rodoviário nos dois sentidos foi, entretanto, reaberto.

jornal dinamarquês Berlingske avança que dentro do comboio de passageiros seguiam 131 pessoas e três funcionários.

A operadora ferroviária DSB avançou, primeiramente, com o registo de, pelo menos, seis vítimas mortais.

Por volta das 11:00 locais, as autoridades dinamarquesas confirmaram, através da rede social Twitter, o número de vítimas mortais e anunciaram, pelo menos, 16 feridos.

Uma testemunha, que estava a bordo do comboio com a sua filha, disse que “houve um estrondo muito alto e depois e comboio parou”.

O primeiro-ministro da Suécia partilhou uma mensagem de condolências aos familiares das vítimas, onde destaca a tempestade Alfrida como causa do acidente.

No extremo oeste da ponte, na cidade de Nyborg, foi instalado um centro de emergência.

A ponte do Great Belt tem cerca de 18 quilómetros e por ela passam cerca de 21.000 pessoas por dia, de comboio, e mais de 27.000 veículos.

A tempestade “Alfrida” tem causado nas últimas horas alterações na circulação ferroviária devido a queda de árvores nas linhas e estradas, bem como um aumento do nível da água em várias partes do país, o que levou as autoridades a emitir um alerta de tempo “muito perigoso”.

A ponte do Estreito de Sund, que liga Copenhaga a Malmoe (Suécia), também ficou fechada à circulação por várias horas.

Mais de 100 mil casas não tinham luz hoje na Suécia por causa da tempestade.

Origem
Sapo
Mostrar Mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close