Mundo

Mais de 22 mil desalojados na Indonésia

A estimativa das autoridades aponta também para os 430 mortos e cerca de 1.500 feridos  na sequência do tsunami que atingiu o estreito de Sunda, este sábado

Este Natal ficou marcado pelo tsunami que atingiu o estreito de Sunda entre as ilhas de Java e Sumatra, na Indonésia. 

Até agora, estão desaparecidas 159 pessoas e 1.495 ficaram feridas. Os números foram revelados pelo porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres indonésia (BNPB), Sutopo Purwo Nugroho, que afirmou também que só no oeste da ilha de Java, zona mais afetada, já se contabilizam 290 mortos, 1.143 feridos e 77 pessoas desaparecidas. 

Sutopo disse ainda que as más condições meteorológicas estão a afetar as tarefas das equipas de resgate e das organizações de ajuda humanitária. “As chuvas fortes fizeram os rios transbordar e provocaram inundações em vários pontos de Pandeglang. Esta situação está a dificultar a evacuação dos locais e a ajuda aos deslocados”, escreveu no Twitter. 

As autoridades indonésias informaram ainda que não existem sistemas de alerta de tsunamis provocados por um vulcão e que as boias que têm como função alertar uma repentina subida das ondas não funciona desde 2012 e a falta de manutenção e a falta de fundos para reparação dos danos provocados por atos de vandalismo são o principal problema. 

Esta quarta-feira assinala-se o 14.º aniversário do tsunami que atingiu a Indonésia em 2004, onde morreram 167.799 pessoas. 

Origem
Jornal i
Mostrar Mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close