Nacional

Cães terão localizado a segunda vítima da derrocada na pedreira de Borba

A utilização de cães capazes de detetar pessoas por baixo dos escombros parece ter dado frutos, foi identificado o local onde pode estar a segunda vítima. Agora é preciso remover as pedras.

Os cães das equipas cinotécnicas que estão a auxiliar nas operações de busca na pedreira de Borba terão identificado o local onde se encontra a segunda vítima da derrocada. Suspeita-se que o corpo esteja junto à retroescavadora na qual trabalhava. Os trabalhos que já foram retomados na manhã desta sexta-feira vão focar-se na retirada dos escombros nessa zona, mas também no bombeamento da água.

Considerando que a vítima estará presa por baixo da terra e rochas que caíram juntamente com a estrada, os trabalhos para remover rochas de grande dimensão já se iniciaram na quinta-feira. A maior preocupação era que a remoção desses grandes blocos agravasse a instabilidade dos taludes e que provocasse novos aluimentos de terras. Até ao momento, não se registou um agravamento das condições de estabilidade no local.

Origem
Observador
Mostrar Mais

Artigos relacionados

Back to top button
Close