Nacional

Governo quer aumentar licenças parentais e abono de família

De acordo com o Diário de Notícias, o Governo quer alargar a duração das licenças dos pais e majorar abonos de família. Executivo apresenta hoje programa para conciliar vida profissional e pessoal.

O Governo quer alargar as licenças parentais e aumentar os abonos de famílias, avança o Diário de Notícias, que antecipa o programa de conciliação da vida pessoal e profissional que o Governo já tinha incluído no Orçamento do Estado e irá apresentar esta quarta-feira.

Segundo o jornal, o Governo vai apresentar esta quarta-feira um “Programa para a conciliação da vida profissional, pessoal e familiar” que terá um conjunto alargado de medidas, que incluem o alargamento da licença parental exclusiva do pai de 15 para 20 dias úteis, gozada assim que a criança nasce, mas também que os pais possam gozar uma licença de 15 dias quando a mãe não está empregada.

O Governo quer ainda promover um conjunto de medidas neste sentido, que incluem a adoção de práticas como o teletrabalho, os horários adaptados, a ginástica laboral, entre muitas outras, e para isso vai avançar com um projeto-piloto para a adoção destas medidas que promovam esta conciliação em 21 serviços da administração pública, 11 câmaras municipais e 13 empresas privadas.

O Diário de Notícias avança ainda que o Governo pretende majorar o montante dos abonos de família em função da idade nos primeiros seis anos de vida e alargar a majoração no caso das famílias com dois ou mais filhos, durante o primeiro ano de idade.

Origem
Observador
Mostrar Mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close