Negócios

Doentes hipertensos em risco por falta de medicamento

Medicamento Adalat – usado para tratar a hipertensão – encontra-se em rotura nas farmácias portuguesas.

Os doentes que sofrem de hipertensão podem estar em risco. Em causa está a falta de um dos medicamentos mais utilizados para tratar esta doença, o Adalat, nas farmácias portuguesas.

Segundo a edição desta segunda-feira do Correio da Manhã, os genéricos deste medicamento também se encontram em falta.

Existem “condicionamentos no abastecimento do mercado, com origem no processo de fabrico, com algumas das apresentações comercializadas por vários laboratórios a estarem efetivamente em rotura”, confirmou ao mesmo jornal o Infarmed. Mas adiantou que “ainda se encontram algumas formulações no mercado nacional”.

No entanto, há quem discorde. É o caso da farmacêutica Ema Paulino, que revelou que “desde de fevereiro” que não se pode comprar este medicamento porque já não há stock nas farmácias. Já os genéricos não se vendem desde o final de abril, acrescenta. 

“Como não há alternativa, aconselhamos a ir ao médico rapidamente pedir prescrição para outra substância. Quando se para a medicação, o coração deixa de ter proteção, o que pode provocar um evento cardiovascular”, completa a farmacêutica.

Origem
Jornal i
Mostrar Mais

Artigos relacionados

Back to top button
Close