Negócios

TAP opera dois voos extra para Londres devido a encerramento de Gatwick

A TAP informou que irá operar dois voos extra entre Lisboa e Heathrow, na região de Londres, para minimizar o impacto para os seus passageiros do encerramento temporário de outra infraestrutura que serve a capital britânica, Gatwick.

Fonte oficial da transportadora aérea portuguesa disse à agência Lusa que a primeira ligação decorrerá durante a manhã e que a segunda tem saída prevista pelas 14.40 horas.

“Com estes dois voos extra – um deles numa aeronave de maior capacidade, usada normalmente nos voos do longo curso [A330]- , a TAP pretende minimizar o impacto nos seus passageiros do encerramento temporário do aeroporto de Gatwick”, acrescentou a mesma fonte.CANCELADAS CINCO LIGAÇÕES AÉREAS ENTRE PORTUGAL E GATWICK, EM LONDRES

image TAP opera dois voos extra para Londres devido a encerramento de Gatwick

VER MAIS

Segundo a última informação disponibilizada no site do aeroporto britânico, localizado a cerca de 40 quilómetros a sul de Londres, todas as partidas e chegadas continuam suspensas enquanto são “investigados os relatórios de drones (aeronaves não tripuladas) que voaram próximo” da infraestrutura.

“Por favor, não se desloque para Gatwick sem verificar o estado do seu voo com a sua transportadora, já que haverá cancelamentos e atrasos significativos durante o dia de hoje”, lê-se na página do aeroporto, que pediu desculpas a todos os passageiros e sublinhou que a “segurança” de passageiros e funcionários é a sua prioridade.

À agência noticiosa EFE, um porta-voz do aeroporto referiu que foram cancelados 240 voos de 765 programados para hoje.

As aterragens e descolagens foram suspensas às 21 horas de quarta-feira, depois de dois drones terem sido avistados perto da pista, que foi reaberta por cerca de 45 minutos na madrugada desta quinta-feira.

Muitas aeronaves foram desviadas para outros aeroportos, incluindo Paris e Amesterdão, enquanto as autoridades aeroportuárias pediram aos passageiros que contactassem as suas companhias aéreas para se informarem sobre a situação dos voos.

O aeroporto já garantiu estar a trabalhar com as companhias aéreas para “oferecer aos passageiros estadia em hotéis” ou alternativas de viagem.REGRAS PARA USO DE DRONES NA UE OBRIGAM A DISTÂNCIA SEGURA DE PESSOAS E OUTRAS AERONAVES

image TAP opera dois voos extra para Londres devido a encerramento de Gatwick

VER MAIS

Estima-se que 2,9 milhões de pessoas passem por este aeroporto durante a atual temporada de férias.

O responsável pela segurança aérea da Associação Britânica de Pilotos (BALPA, em inglês), Rob Hunter, lembrou que os drones não são apenas brinquedos e que há “consequências catastróficas” se chocarem com um avião.

“O registo destes drones em Gatwick é outra prova sobre a necessidade de leis mais duras para manter os drones longe dos aviões”, segundo Hunter, em declarações à imprensa local.

A secretária britânica de Estado de Aviação, Liz Sugg, declarou hoje à BBC que os “drones voaram ilegalmente e os operadores agiram de forma incrivelmente irresponsável e podem enfrentar até cinco anos de prisão”.

Origem
JN
Mostrar Mais

Artigos relacionados

Back to top button
Close