Nacional

Ambulâncias paradas levam INEM a reforçar acordos com bombeiros

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) celebrou, este verão, 38 contratos sazonais com corporações de bombeiros de todo o país para ter mais ambulâncias disponíveis.

Os acordos sazonais para Postos de Emergência Médica (PEM) foram criados para reforçar o socorro em zonas onde a população aumenta em determinados períodos, como o Algarve no verão, mas estão cada vez mais a ser usados para cobrir a inoperacionalidade das ambulâncias do INEM, frequentemente paradas por avarias e falta de técnicos.

Os meios que compõem o Sistema Integrado de Emergência Médica têm vindo a aumentar, devido ao reforço de PEM (ambulâncias INEM operadas pelos bombeiros e Cruz Vermelha), mas ainda assim não chega. Porque há mais pedidos de socorro, mas também porque as ambulâncias operadas por profissionais do INEM – as chamadas Ambulâncias de Emergência Médica (AEM) – estão boa parte do tempo inoperacionais, como o JN tem vindo a denunciar. Os meios param por questões mecânicas e por falta de pessoal, sendo que esta última situação se agrava nos períodos de férias.

Origem
JN
Mostrar Mais

Artigos relacionados

Back to top button
Close