Mundo

Presidente do Supremo Tribunal suspende decisão de libertar Lula da Silva

Decisão fica suspensa até ao dia 10 de abril do próximo ano

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, decidiu suspender a decisão que podia libertar o ex-presidente do Brasil, Lula da Silva. A decisão de libertar – ou não – o antigo líder brasileiro tinha sido tomada pelo juiz Marco Aurélio esta quarta-feira, escreve a Folha de São Paulo.

Agora, a decisão vai ficar suspensa até ao diz 10 de abril de 2019.

Através de um comunicado emitido pelo presidente do STF, a decisão que o juiz Marco Aurélio tinha tomado, podia “causar grave lesão à ordem, à saúde, à segurança e à economia pública”.

Recorde-se que a PGR do Brasil tinha apresentado um recurso durante a tarde de hoje, quarta-feira, para reverter a medida provisória, emitida pelo juiz, para libertar prisioneiros que estivessem condenados em segunda instância, o que incluía Lula da Silva.

Lula da Silva foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região por corrupção e lavagem de dinheiro.

Origem
Jornal i
Mostrar Mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verifique também

Close
Back to top button
Close